quarta-feira, 19 de junho de 2013

Manifestantes voltam às ruas nesta Terça-Feira

protesto


Milhares de pessoas voltaram nesta terça-feira às ruas de São Paulo para protestar contra o aumento da tarifa do transporte e reivindicar melhorias nos serviços públicos.

Os manifestantes ocuparam hoje a Praça da Sé, em frente à catedral de São Paulo, e algumas das vias adjacentes, depois da passeata que mobilizou ontem cerca de 65 mil pessoas.

Os integrantes do protesto, que começou pacífico, vaiaram as pessoas que levavam bandeiras de partidos, em uma tentativa de manter a mobilização sem uma filiação política.

Os integrantes do protesto, 50 mil pessoas segundo o Instituto Datafolha, avançaram até a Prefeitura, próxima à Sé.

Os manifestantes também queimaram um boneco que em um lado tinha o rosto do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, e do outro o do governador do estado, Geraldo Alckmin.

Outra mobilização também chegou à Avenida Paulista, onde na quinta-feira passada um enfrentamento provocou dezenas de feridos e detidos e onde foram gravadas as imagens de policiais agredindo manifestantes que estimularam novos protestos.

Esta foi a sexta manifestação realizada em São Paulo desde que, no início do mês, a Prefeitura subiu o preço das passagens de ônibus de R$ 3 para R$ 3,20, o que iniciou o movimento.

Globo e Veja viram alvo de manifestantes em novo ato em SP


A revista Veja e a Rede Globo foram alvo de manifestações no começo da noite desta terça-feira, em mais um ato contra o aumento da passagem de ônibus em São Paulo. "Veja, Globo, o povo não é bobo", era um dos gritos entoados pelos manifestantes na Praça da Sé, na região central da capital.

protesto
Assim como no protesto de ontem, os repórteres da Globo foram acompanhar a marcha com seus microfones descaracterizados, numa tentativa de evitar que sejam hostilizados. No ato de segunda, no Largo da Batata, o jornalista Caco Barcelos e a equipe do Profissão Repórter foram expulsos do local por manifestantes com gritos de gritos de “Fora Globo” e “Central Globo de Mentiras”.

No começo do protesto de hoje, alguns manifestantes também carregavam cartazes contra a Globo, mas nenhuma agressão às equipes de jornalismo havia sido registrada.

Um protesto contra a Globo esta sendo divulgado pela internet UM DIA SEM GLOBO o protesto esta agendado para o dia 24 de Junho as pessoas ficaram um dia sem assistir a programação da emissora. 

Brasileiros vão às ruas de Miami em apoio aos protestos no país


Centenas de brasileiros ocuparam nesta terça-feira a praça de Bayside, no centro de Miami, para demonstrar seu apoio às manifestações que estão ocorrendo várias cidades do Brasil.

Mensagens como "Miami apoia o Brasil", "O gigante acordou" e "Mãe, não se preocupe, estou mudando o Brasil!", estavam nos cartazes levados pelos manifestantes.

Outros faziam reivindicações diretas que diziam: "Quem precisa estádios? Queremos escolas", "Não precisamos de uma Copa do Mundo" e "Acorda Brasil".

Durante a manifestação os participantes protestaram contra o aumento da tarifa do transporte público, criticaram a corrupção e reivindicaram melhores serviços públicos, em sintonia com o que estão reivindicando os manifestantes Brasil afora.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...