segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Comando do 6° Distrito Naval realiza Operação BRASBOL 2013



De 10 a 16 de setembro, a Marinha do Brasil (MB) e a Armada Boliviana (ARBOL) realizaram a Operação BRASBOL com o propósito de incrementar o grau de adestramento, estreitar os laços de amizade e cooperação, de modo a aumentar a interoperabilidade entre as Forças.

A Operação foi realizada no Rio Paraguai, em um trecho compreendido entre Ladário (MS) e Puerto Bush, na Bolívia, somando mais de 460 km navegados.

Participaram da Operação cerca de 400 militares brasileiros e 70 bolivianos. Destes, três Oficiais bolivianos compuseram o Estado-Maior da Força Tarefa (FT) Ribeirinha (FT Combinada), embarcados no Navio Transporte Fluvial “Paraguassu”, capitânia da Operação Combinada.

Durante a estadia em “Puerto Bush”, a FT Combinada prestou apoio logístico à ARBOL, reparando o tubo de sustentação do cais flutuante daquele porto e uma avaria no motor de uma de suas embarcações.

A FT Combinada, comandada pelo Capitão-de-Mar-e-Guerra Daniel Silvino Costa Nogueira, Comandante da Flotilha de Mato Grosso, empregou os seguintes meios:

- Marinha: 06 navios (NTrFlu “Paraguassu” - G15, M “Parnaíba” - U17, NAsH “Tenente Maximiano” - U28, NPa “Penedo - P14”, NApLogFlu “Potengi - G17” e o AvTrFlu “Piraim” - U29, como Figurativo Inimigo), uma aeronave UH-12 do HU-4 e uma Companhia do Grupamento de Fuzileiros Navais de Ladário.

- ARBOL: 03 Lanchas Patrulhas (LP501 “Santa Cruz”, LP503 “General Manzana” e LP503 “Mariscal Bilbao”), um “Catamarã” (TM529 Del Plata), um pelotão de “Infantes de Marina” e 02 Aerodeslizadores (no Figurativo Inimigo).

No Teatro de Operações, próximo a Área de Adestramento do Rabicho, a FT Combinada recebeu a visita do Adido Naval do Brasil na Bolívia Capitão-de-Mar-e-Guerra (FN) Luiz Carlos Brito Cunha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...